terça-feira, 20 de outubro de 2009

Poetische Antworten

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 



De que vale um poema?

Passo a pena.
Escrevo desvairado, impetuosamente inútil,
passagens que, mesmo atenciosamente ouvidas,
jamais sairão do papel.

Sem pena perco a calma
As letras fixam-se oprimidas, meio tortas.
Temem-me, como se as verdades, por mim transcritas
Lidas, perdessem-nos à todos no tempo

Estúpida lógica esta!
Prendo-me a realização óbvia
O sentimento de cumplicidade vindo da dor eternizada
O vestir de minha verdade

Busco traduzir meu diagnóstico,
Minha auto-piedade e meu alter-ego
A falta de reconhecimento dessa condição de ser
Enaltecendo-me a glorificação lógica da escrita

Ainda mais!
Tentar, por meios quais?
Meio por mim, pouco por todos
direcionar valor as conclusões malhadas

É do mérito textual que virá dito “valor”
atribuído à mim por acaso
representante pró-labore de seu conteúdo

“De quanto” vale um poema,
Coberto e recheado de verdades?

Que seguem entaladas em nossos ventres


Com seu uso coletivo e social

De nada vale.
Espertas essas letras que me fogem...



Tatá Freitas



Leia mais textos do Prosopopéia:


Fome - Guará Cabrera

 


Vidas e amores à parte - Tatá Freitas

61 comentários:

Jose 20 de outubro de 2009 16:27  

muy bueno! bienvenidos a la blogosfera

Rogerio 3 de novembro de 2009 15:05  

gostei do poema...bem centrado...belas palavras....

francys 6 de novembro de 2009 14:54  

Nossa forte mais genial
parabens
e olha q nao costumo elogiar muito estou um poucosemtivel hj assiti um filme de 1998 q medeixo assim belesa americana maisvc nemquersaber isso nem me perguntou ne rsrs
isso
e tudo se quizer conhessa meu blog e da vição d o mndo nopontode vista de um garoto de 19anos dislixo e gay mais isso nao vai al caso obrigato tenha uma otima noite
http://statusfrancys.blogspot.com/

Pedro 8 de janeiro de 2010 08:46  

Heey,
Pra mim um poema vale muito , mesmo que ninguém leia , eu escrevo poemas pra desabafar , tirar o peso da culpa dos meus erros e acertos , antes de eu começar a escrever eu vivia mais triste , ia no psicólogo , eu era meio transtornado , louco , hoje posso dizer que metade dos transtornos que eu tinha não existem mais , isso porque eu coloco eles no papel e eles ficam pra sempre!!

Hheheheh Acho que fugi do tema ne?


Um poema tem um peso , consegue impactar mais que uma carta de amor elaborada!!

=)

Renata 9 de janeiro de 2010 13:45  

muito lindo mesmo, amei beem forte, parabéns

Andrei Vinicius Morais 9 de janeiro de 2010 13:46  

Poemas, textos, histórias que criamos, tudo é na verdade um grande desabafo...
Achei esse em questão bem escrito e interessante. Bom blog :D

SO.L. 9 de janeiro de 2010 13:55  

Ah sim.

Um poema feito por um poeta que não só vê, sente.
Aleluia, Deus existe.

Taísa 10 de janeiro de 2010 10:56  

lindo o poema

http://clubdacalcinha.blogspot.com/

João BDR 10 de janeiro de 2010 11:00  

Muito bom o poema!
Bem coeso!
Abraços!
=)

Millena Blogueira 11 de janeiro de 2010 09:19  

Adoro poemas, através dele posso saber o ponto de vista do autor.

Igor Feijão 11 de janeiro de 2010 10:02  

Manda bem msm hein...=D
parabens

_____

Entra la no meu blog tb. Siga e comente!

http://seriadobretania.wordpress.com/

FabioZen 11 de janeiro de 2010 12:11  

Muito bom mesmo.Qualidade e inspiração,de inicio um pouco de expiração mas a continuidade lhe sera amiga.Parabens!

Gabriel Messias 11 de janeiro de 2010 12:14  

nao leio muito esse tipo de text mas até que esse ficou tranquilo forte em certos aspectos mas bom... valew

Luiz Brisa 5 de maio de 2010 21:54  

belo poema
otima escolha d palavras
xD

http://vagalnerdkawai.blogspot.com/

NeRsO 5 de maio de 2010 21:55  

Vc que escreveu? muito bom eim rsrsr
Ficou muito criativa a imagem no topo do blog.. muito criativa..





http://rabiscandohumor.blogspot.com/

Enrique Meira 5 de maio de 2010 22:14  

Legal cara,

vc escreve bem!

Fael...¬¬ 5 de maio de 2010 22:32  

muito bom mesmo!!!

pena que é dado pouco valor aos artistas nesse país, mas eu tenho certeza que o somos, e que mudaremos esse quador, abraço!!!

Renan Paglia 5 de maio de 2010 22:37  

MANDOU MUITO BEM CARA!
Parabéns pelo blog

http://cacetedopadre.blogspot.com/

Renan 5 de maio de 2010 22:46  

muito bem escrito. gostei de verdade.

Renèe T. 5 de maio de 2010 22:47  

Creio que algumas das passagens possam sim sair do papel, sejam elas faladas, pensadas. Enfim, adorei o poema! e o blog tbm

http://futurismologa.blogspot.com

Talles azigon 5 de maio de 2010 23:13  

muito lindo, amei sua poesia, seguindo. se me visitar, não deixe de proucurar o poema fujão. vais gostar. seguindo

MR 6 de maio de 2010 03:56  

Bem legal... parabéns pelo blog!

Leonardo Ribeiro 6 de maio de 2010 18:21  

Muito bom
parabens

entra ai
Blog Rasgue o Verbo
http://rasgueverbo.blogspot.com/2010/05/lula-fala-sobre-hidreletrica-de-belo.html

indivídua 6 de maio de 2010 18:26  

escrever, para mim, é sobrevivência

http://celuliteseoutrasestranhezasdemulher.blogspot.com/

Descontrolados 6 de maio de 2010 18:27  

Sensacional.
Simples, objetivo. Quando se tem o dom é assim mesmo.

http://des-controlados.blogspot.com/

Ana Beatriz 6 de maio de 2010 18:31  

Um ótimo poema! Ah, como é adorável o poder das palavras e olha que isto tu tens de sobra! Um controle excelente, conduz muito bem os teus textos!

Luiz Brisa 6 de maio de 2010 18:34  

não curto muito poema
mas vc escreveu bem gotei muito xD

http://vagalnerdkawai.blogspot.com/

Daniel Silva 6 de maio de 2010 18:47  

poemas servem para me deixar com inveja, pois não consigo escrever um.

Karla Hack 6 de maio de 2010 18:50  

O poetar sai da alma... é puro e intenso! Assim como os seus versos!

Soluções Blogs 6 de maio de 2010 19:09  

poema de qualidade, parabens

Robson 6 de maio de 2010 19:42  

Quanto vale um poema? vale aquilo que cada um sente! eu acho! seu blog tá muito bacana! gostei desse poema achei muito bom!

palavras ao vento 6 de maio de 2010 19:42  

belas palavras....um poema uma poesia...são momentos unicos que só quem escreve sabe sentir a emoção que e expressar no papel seu sentimento...

Macaco Pipi 6 de maio de 2010 19:47  

BOA CARA
É A FOTO É VC?

Macaco Pipi 7 de maio de 2010 06:51  

QUANTO VALE A VIDA DEPOIS DA ULTIMA CENA?

Pobre esponja 3 de julho de 2010 17:46  

As letras que fogem... só não sentimos faltas porque não sabemos quais seriam...
Até mais

abç
Pobre Esponja

Cincinato 21 3 de julho de 2010 17:48  

Juro que nunca vi um blog de poesia famoso...espero que o seu seja o primeiro XD

::Marolinha::

Rogerio 3 de julho de 2010 18:10  

um poema escrito com sentimentos...esta de parabens...

gabrielagoulart 3 de julho de 2010 18:15  

Muito bom o poema... E olha que eu nem sou fã de poemas.

Anônimo,  3 de julho de 2010 19:12  

da hora!
abs

Rafael 3 de julho de 2010 19:15  

Texto muito maneiro. Parabéns.

Leiam http://www.leontextos.blogspot.com

Dih 3 de julho de 2010 19:16  

Seu blog inteiro eh um poema por si só. adorei.

Mari 3 de julho de 2010 19:18  

parabéns...vc escreve muito bem...

Tainara 3 de julho de 2010 19:19  

Meu sonho é escrever algo tão bonito assim, ah .__. tá de parabéns :]
visita o meu ? hehe http://arrobascoloridas.blogspot.com/

Ana Letícia 3 de julho de 2010 19:23  

quantas palavras díficeis JSASAJSIJ eu meio que entendir e pá, meio, mas ta lindo demais po *O*

Suzy Carvalho 3 de julho de 2010 19:26  

mto bom seu poema, parabens =)

Hã? 3 de julho de 2010 19:42  

Muito bonito o poema :D

Arthur D'mello 3 de julho de 2010 19:47  

quando escrevo não gosto que leiam, ou vejo enquanto esteja escrevendo, nem que vejam na minha frente, talvez medo da reação, vergonha não sei,
mas é assim.
O que viria a ser o título?

Gêsa 3 de julho de 2010 19:47  

Texto de ótima qualidade, muito rico literalmente. É os poemas talvez não valham tanto para a maioria, mas pra mim com toda certeza valem mais do que imagina.

(:

Anjo Noturno 3 de julho de 2010 19:53  

Uau, sensacional
Elaborou sentimentos impactantes no poema
;)
Bjks
Passa lá... http://www.estigmaangel.blogspot.com/

Um sonho de amor 3 de julho de 2010 20:15  

Parabéns gostei muito.
Sucesso com o blog.

Wallace Santos 3 de julho de 2010 20:15  

caraca muito muito bom, afogar nas letras parece uma boa forma de descobrir como viver para sempre, aos que escrevem é dado o direito de sempre ser lembrado, de ser eterno.

Luiz Brisa 3 de julho de 2010 20:15  

muito bom
gostei
bem profundo
xD

BLOGUEIRO EXECUTIVO 3 de julho de 2010 20:32  

CRIEI UM SELO PARA PREMIAR BLOGS INTERESSANTES DE POESIA E LITERATURA, PEGUE-O EM MEU BLOG AMIGÃO, ADOREI O SEU BLOG, POR ISSO SELECIONEI ELE...

http://clubedasmusaslivre.blogspot.com/

Bekinhaa 3 de julho de 2010 20:35  

Amei o blog,
bem inspirado hein?!

http://www.so-para-elas-blog.blogspot.com

Twister 3 de julho de 2010 22:19  

muito bom
tambem gostei

ta de parabens :D

Vrilbert Dark 4 de julho de 2010 14:31  

muito bom o texto gosteei =)

Guara Cabrera

....

Tatá Freitas

...

  © Blogger templates Newspaper III by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP